Livro

O Peregrino

Zoom
O Peregrino tem sido reimpresso, lido e traduzido com mais freqüência do que qualquer outro livro, exceto a Bíblia. Pessoas de todas as idades têm encontrando deleite nesta história simples e sincera de Cristão. Os acontecimentos assemelham-se a vida, sucedem-se, com rapidez e consistência.

Esta nova edição traz elementos que estimularão a leitura: o texto integral da obra, notas explicativas das alegorias de Bunyan, referências bíblicas, os personagens e assuntos em foco, breve sentenças à margem do texto chamando a atenção ao conteúdo dos parágrafos, desenhos ilustrativos, 23 capítulos especificando os assuntos da obra e a visualização fácil do conteúdo da página, de modo que o leitor escolha o que deseja ler- somente o texto original ou somente as notas explicativas, ou somente as breves sentenças, Todos estes elementos tornarão a leitura ainda mais agradável.

Sobre o autor:
John Bunyan (1628-1688) foi um pregador puritano batista, de origem muito pobre, nascido no vilarejo de Elstow, na Inglaterra. Após sua dramática conversão, Bunyan dedicou-se à tarefa de pregar o evangelho. Por não ser um ministro ordenado pela Igreja da Inglaterra, ele foi sucessivamente encarcerado por causa de sua atividade de pregação, tendo passado um total de 12 anos na prisão. Ele era dotado de uma imaginação vívida e poderosa e uma mente profundamente criativa, era também um grande pregador e um conhecedor exímio das Escrituras - dizia-se sobre ele que, se fosse cortado, seu sangue jorraria versículos bíblicos. Bunyan era um escritor nato e incansável, tendo escrito cerca de 60 livros.

Sua principal obra literária, "O Peregrino", foi produzida durante o período em que esteve preso. Este livro tornou-se um dos mais impressos e publicados em todo o mundo acima de qualquer outro, exceto a Bíblia.

Recomendações:
Leia qualquer coisa escrita por Bunyan, e você verá que é quase como se você estivesse lendo a própria Bíblia. Afinal, ele leu as Escrituras ao ponto de todo o seu ser ficar preenchido com a Palavra. Seus escritos são elegantemente repletos de poesia e prosa, e sua obra principal, O Peregrino, a mais doce das alegorias, faz-nos pensar e dizer: Este homem é uma Bíblia viva. - C. H. Spurgeon.

Esta é certamente uma obra original e, como disse Dr. Goodwin, é uma obra que cheira a prisão. O Peregrino foi escrito quando Bunyan estava confinado na prisão de Bedford, e pregadores nunca pregam ou escrevem tão bem do que quando sob a sombra da cruz; quando isto ocorre o Espírito de Cristo e sua glória repousam sobre eles. - George Whitefield.

Fonte: www.editorafiel.com.br
Foto: pixabay
Data: 16.11.2017


Este artículo le podría interesar

Explosão do motor
Milhares de metros acima da terra, os passageiros do Boeing 737-700 apertaram as mãos de estranhos e oraram juntos, se preparando para a morte....
Orando pela Nação
Cristãos de todo Brasil estão se preparando para uma grande oração em Brasília. Liderados pela pastora Ezenete Rodrigues, líder do ministério de...
E.L.L. Suiça
Com mais de 30 lí­deres latinos de diferentes lugares da Suíça e também da Alemanha, formando assim 12 nacionalidades reunidas o Mundo Gospel...
Café com Pastores e Líderes
No sábado,  dia 24. Março 2018,  foi realizado na Igreja Evangélica de Língua Portuguesa de Zurique, o Café da manhã com Pastores e Líderes da Suíça...

Publicidad

    Publicidad